segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Crítica de filme: O Caçador de Troll (Trolljegeren - Festival do Rio 2011 - Parte 5)

Terceiro filme de Halloween para comemorar o dia!

O Caçador de Troll é mais um daqueles filmes de found footage, ou seja, é como se fosse um documentário montado a partir de gravações "achadas" em determinados lugares. É, basicamente, um dos vários filhos de A Bruxa de Blair, como, por exemplo, Atividade Paranormal, e [Rec]. Particularmente, apesar de ter gostado desses exemplos que dei, estou meio cansando desse tipo de filme. Só vi O Caçador de Troll por achar minimamente interessantes esses monstros oriundos da mitologia nórdica.


Não esperem do filme qualquer traço de terror ou mesmo de suspense. Diferente do assustador Atividade Paranormal, O Caçador de Troll não tem o objetivo de dar sustos, a não ser que você seja daqueles que se assustam com a própria sombra, mas sim de arrancar algumas risadas desconcertantes. Está mais para humor negro do que para qualquer tentativa de parecer como um verdadeiro rebento de A Bruxa de Blair.

Brincando com o mito nórdico dos trolls (não confundir com aqueles bichos insuportáveis que andam assolando a internet), o diretor André Ovredal até que faz um filme competente, com alguns efeitos interessantes, ainda que todos os monstros sejam para lá de risíveis. O foco é em um grupo de jovens fazendo um trabalho jornalístico para a faculdade sobre um caçador ilegal de ursos nas regiões desoladas da Noruega. Logo, eles descobrem que os ursos mortos encontrados são apenas cortinas de fumaça patrocinadas pelo governo norueguês para manter a existência dos trolls escondida da população em geral. Um rabugento caçador de trolls, o único existente, resolver abrir o bico e contar em detalhes o que acontece para os documentaristas.

Apesar de uma caçada inicial que tenta ir para o lado do terror, o diretor logo deixa clara sua intenção de dar uma pegada humorística ao filme, criando as mais absurdas situações que são absorvidas pelos jovens rapidamente, como se fossem as coisas mais comuns do mundo. Hans, o caçador, é tratado como uma figura mais mitológica do que os seres que caça, sendo ele também o responsável pelas melhores tiradas, especialmente quando se refere à aparente incompatibilidade de trolls com católicos. Em determinado momento, ele passa a atrair os monstros com um balde de "sangue de um católico", algo que inevitavelmente arranca risadas dos espectadores. Queria muito descobrir como é que ele conseguiu esse sangue...

Em resumo, O Caçador de Troll é uma bobeira competente que acaba divertindo. Pelo formato de found footage, ele poderia ser consideravelmente mais curto pois as situações acabam se tornando repetitivas. Ao menos o diretor foi sensato e reduziu ao máximo o uso de câmeras tremidas.

No entanto, devo confessar que O Caçador de Troll teria sido muito melhor como um filme normal, não como falso documentário, já que o recurso já perdeu muito de sua graça com a quantidade de vezes que foi usado.

Mais sobre o filme: IMDB, Rotten Tomatoes, Box Office Mojo e Filmow.

Nota: 6 de 10

28 comentários:

  1. Sem graça este filme;

    Absurdo e incoerente seria melhor descrito, já que o caçador pergunta aos jovens se algum deles acredita em D-us e recebe a negativa de todos, mas o troll conseguiu farejar o sangue cristão de um deles... Ateu não acredita em D-us mas sim em trolls... tsctsc

    E outra, se ele tivesse jogado um balde com sangue ateu, será que esta comunidade não teria processado os produtores, mostrando assim que realmente se há alguém mais intolerante que os religiosos neste mundo são justamente estes que "gargalharam" com filme tão ridículo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele nao jugou sangue ateu porque a coisa de os trolls cheirarem sangue cristao esta na tradicao norueguesa de centenas de anos atras. mas eu sinto que este filme tem mais piada para nós noruegueses porque os trolls sao parte das historias que nos contam quando somos pequenos xD

      Excluir
    2. O sangue que ele jogou era do animal que ele tava fazendo de isca pra pegar o troll :D

      Excluir
    3. Se um troll farejou o ''sangue cristão'' de um deles que até então se declarará religiosamente cético é porque talvez ele seja um ''cristão enrustido'' que se diz ateu mais mas corre para dobrar os joelhos quando fica resfriado. Não vejo nada de ''incoerente'' nisso, tais pessoas existem. Não estamos falando de unicórnios.

      "Ateu não acredita em D-us mas sim em trolls"

      Ora bolas, dentro do contexto do longa é perfeitamente plausível, já que lá EXISTEM trolls. Seria risível se alguém do nosso mundo, o não-fictício, se dedicasse a essa crença, pois aqui não existem trolls.

      ''E outra, se ele tivesse jogado um balde com sangue ateu, será que esta comunidade não teria processado os produtores [...] ?''

      Não meu filho. Isso faz parte do mito nórdico, não foram os produtores que pensaram ''numa tentativa de escárnio religioso'' como você faz parecer com seu argumento; e se alguém tiver que ser processado, terá que ser os antigos Nórdicos Escandinavos de séculos atrás. Boa sorte :)

      Excluir
    4. E qual o motivo de vc não escrever DEUS por completo?

      Excluir
    5. E uma forma usada pelos judeus para que os ateus e descrentes, pagãos, escanecedores nao venham a zuar nem a usar o nome de D'US em vao, fazendo isso nao se pode blasfemar contra o ETERNO, pois seu nome nao esta sendo escrito completo nem em vao.

      Excluir
    6. Não vi incoerência a respeito disso até porque no lugar deles eu mentiria e iria fingir ser ateu até porque sempre que alguém faz esse tipo de pergunta você é impedido de algo a única incoerência ai é que se os trolls farejam sangue de católicos logo Deus existe então como os outros iriam continuar ateus? pelo menos foi isso que interpretei apesar de achar +/- que seja isso.

      Excluir
  2. Sem dúvida alguma, Ritter. Achei o filme um besteirol até divertido e, como você mesmo disse, ele seria mais interessante se não tivesse o formato de falso documentário que, por sinal, é um gênero já muito batido. Gostei da sua crítica!

    Agora, Ritter, eu gostaria muito mesmo de ver uma crítica sua ao novo filme dirigido por Matthijs van Heijningen Jr. de nome "The Thing" (no Brasil, o título será "A Coisa", e entrará em cartaz no final de janeiro de 2012). Este novo "The Thing" é o prelúdio do filme dirigido em 1982 por John Carpenter e que também possui título homônimo (no Brasil, o título do filme de Carpenter é "O Enigma de Outro Mundo"). O que me chama a atenção é que a maioria dos críticos que li reprovam este novo "The Thing", contudo a opinião das pessoas em geral é positiva quanto a esse filme

    Bem, como aprecio muito suas críticas, que considero bem honestas, gostaria muito de ver uma sua sobre este filme mencionado

    Um abraço e feliz ano novo!

    ResponderExcluir
  3. Sérgio, obrigado pelo prestígio e pel comentário.

    Sobre o prelúdio do clássico de Carpenter (que já era uma refilmagem), falarei sobre ele mais próximo da época do lançamento por aqui. Aproveitarei e farei um comentário também sobre o próprio filme de 1982, que marcou minha infância.

    Abraço e volte sempre!
    Ritter.

    ResponderExcluir
  4. Legal, Ritter! O antigo "The Thing" de 1982 me marcou muito também. É um filme que até hoje assisto com prazer e, por incrivel que pareça, seu clima de terror ainda me impressiona. Daí o motivo que quero ver sua crítica a esse novo filme prelúdio.

    Um abraço, obrigado e Boas Festas!

    Sérgio

    ResponderExcluir
  5. o filme é totalmente verdadeiro depois q vi esse filme passei a acreditar de verdade em trolls

    ResponderExcluir
  6. realmente o filme é bom mas eu não entendi muito bem o começo do filme pode parecer estranho eu falando isso mas quando o começo diz praticamente que é uma história real pode ser que eu esteja enganado mas eu acho estranho colocarem no começo "em 13 de outubro de 2008 a Filmkameratene recebeu como pacote anonimo contendo 2 Hd's com 283 minutos de filmagens, esse filme é uma versão retirada daquele material a sequência de eventos está na ordem cronológica e as imagens não foram manipuladas, durante mais de 1 ano uma equipe especialmente designada investigou o material a conclusão foi de que era autentico" e o final diz "aqui termina a gravação,nenhum corpo foi encontrado na mina e os jovens que fizeram as filmagens desapareceram sem deixar vestígios, apelamos a todos que possuam informações que contatem a Filmkameratene ou a delegacia mais próxima, não foi possível obter uma informação junto ao governo da existência da IST, uma confirmação indireta foi dada, no entanto pelo primeiro ministro Jens Stoltenbergs em Oslo em 25 de Junho de 2010, a emprensa não entendeu a exencia".E então alguém pode me responder se isso se é verdade ou mentira ? por favor responda se puder com detalhes pois não estou conseguindo distinguir muito bem se tem a existência de Trolls mesmo na Noruega. Grato à quem responder, e aos que criticarem também.Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara na Noruega existe trolls, mas como o filme falou, o governo estava escondendo das pessoas que existe trolls na Noruega ai no final o cara revela que existe e acaba.

      Excluir
  7. nossa esse filme nao tem o que fala porque os documentario dele ja diz tudo todo a metade do mundo acredita em deus

    ResponderExcluir
  8. sim mas a maioria das pessoas do filme são ateus mas o que eu disse é que eu queria saber se alguém poderia me explicar tudo aquilo o que eu disse ? alguém pode responder ?

    ResponderExcluir
  9. caçador de troll sem logica algo sem resposrta
    finalmente troll ejistem ou ñ?
    uma pergunta sem resposta?

    ResponderExcluir
  10. Trolls farejam sangue cristão porq podem ser seres diabólicos.kkkkkkk Então quem venera o capeta e ateus estão salvos dessa porra aí. e claro tem q passar uma pomadinha made cheiro troll pelo suor.kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Trolls existem!!!
    nao to falando isso porcausa do filme mas porque a mitologia nordica a mitologia grega todas sao verdadeiras. E esses filmes daonde acham que sai tanta criatividade pra filmes como As Cronicas de Spiderwick ee tambem Ponte para Terabitia. Isso tudo foi baseado em alguma coisa que foi real que aconteceu e os diretores tentam recriar isso .

    ResponderExcluir
  12. Meus avós sao e moram na suécia...lá não tem muitos cristãos. Eles são mal vistos no leste europeu devido os cristãos terem destruidos muito de sua antiga cultura nórdica e etc. Os cristão até modificaram as histórias nórdicas, quem sao oriundas de poemas muito antigos, os cristàos idiotas que são em não aceitar outras religioes e acharem que a sua eh a melhor...destruiram muitos documentos da religião européia e tbm modificou o restante como forma de zombaria. Bom na Noruega é igual, não se gosta muito dos cristãos e realmente dizem que os gigantes da neve os comem a noite, mas são histórias para as crianças não serem corrompidas pelo cristianismo e o filme retratou isso de forma cômica huheuheu eu como ateu ri muito :)

    ResponderExcluir
  13. Meus avós sao e moram na suécia...lá não tem muitos cristãos. Eles são mal vistos no leste europeu devido os cristãos terem destruidos muito de sua antiga cultura nórdica e etc. Os cristão até modificaram as histórias nórdicas, quem sao oriundas de poemas muito antigos, os cristàos idiotas que são em não aceitar outras religioes e acharem que a sua eh a melhor...destruiram muitos documentos da religião européia e tbm modificou o restante como forma de zombaria. Bom na Noruega é igual, não se gosta muito dos cristãos e realmente dizem que os gigantes da neve os comem a noite, mas são histórias para as crianças não serem corrompidas pelo cristianismo e o filme retratou isso de forma cômica huheuheu eu como ateu ri muito :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos Ver Quando Jesus Descer Nas Nuvens e Todos Da Terra Se Dobrarão todos os Joelhos Diante Dele e Todos Dirão: Só o Senhor é Deus Só Deus é o Senhor!!!

      Excluir
  14. Impressionante como vocês ficam discutindo o tempo todo... tem dois lados nessa história mas tem um ponto em comum na religião. Já pesquisei um pouco sobre religiões e como a Gabrielle havia dito, cristãos realmente destruiram muita parte da cultura nórdica entre outras. Tenho certeza que se foce ao contrário os cristãos também teriam esse sentimento em relação aos ateus como maioria, e o porque disso é simples, é porque independente de seu Deus, Fé, Crença ou seja la o que for, nós somos humanos, a maioria de nós tem sentimento egoístas e impulsivos. Jesus ensinou a amar ao próximo, ele perdoou até quem o havia crucificado, apesar desta lição importante não ser praticada por boa parte dos cristãos e embora eu não saiba muito sobre a cultura ou crenças nórdicas, creio que como a maioria não gostariam de derramar sangue de inocentes. Vocês só precisam se respeitar, não pode ser tão difícil seguir os exemplos do senhor Diogo, ou será que você nunca pecou? Para que possa atirar a pedra. E Gabrielle sei que destruíram muitas coisas da sua cultura, mas a culpa não é de todos os cristãos e de Deus e sim de um grupo específico de humanos ignorantes. Eu sou exemplo de que pode dar certo o respeito entre todos, sou espirita kardecista, meu pai é evangélico, minha namorada é católica, meus 4 melhores amigos 2 são da umbanda e dois são ateus e embora eu seja cristão defendi os dois pontos em questão, juntem-se pois está guerra se ocorrer será problema de nossas futuras gerações e eu não quero que eles sofram por nossas escolhas.

    "Assim como nossos gestos para um espelho, O Mundo será o reflexo de nossas ações."
    TH3 M1RR0R

    ResponderExcluir
  15. Ah e eu achei o filme interessante e divertido. Vale a pena ver com os amigos ou algo assim.

    ResponderExcluir
  16. Alguns humanóides só dizem besteiras. Se este troll fosse um humanóide deformado será que seria diferente? É só um filme. Pura ficção. Alguém fez algo que leu em um livro antigo de historinha. Pra que complicar. Se não tem nada de bom pra falar, fique quieto (a).

    ResponderExcluir
  17. Achei o filme muito bom mas sei la acho que acabaram com o troll gigante muito fácil acho que deu pra engolir pelo fato deles serem burros mas eu estava esperando que esse "tal troll" fosse inteligente e iria surpreender a todos mas ... o filme é foda !

    ResponderExcluir

Pensem antes de escrever para escreverem algo com um mínimo de inteligência. Quando vocês escrevem idiotices, eu apenas me divirto e lembro de Mark Twain, que sabiamente disse "Devemos ser gratos aos idiotas. Sem eles, o resto de nós não seria bem sucedido."